Escola B+S Bispo D. Manuel Ferreira Cabral

História

Escola B+S Bispo D. Manuel Ferreira Cabral

A Escola Básica e Secundária Bispo Dom Manuel Ferreira Cabral, localizada no concelho de Santana, Madeira, surgiu como Escola Preparatória de Santana, pela portaria nº 118/81, de 24 de Setembro.

Foi inaugurada pelo então Secretário Regional da Educação, em Outubro de 1982. De início, leccionou-se apenas o 2º ciclo do ensino preparatório, com alunos oriundos das freguesias do concelho e da freguesia da Boaventura, até 1993.

A designação deste estabelecimento de ensino passou a Escola Preparatória Bispo D. Manuel Ferreira Cabral em 12/01/1984.

É no ano lectivo de 1994/95 que se inicia o ensino secundário neste estabelecimento.

Ao longo dos anos, a complexidade vai aumentando quer a nível de agrupamentos, quer a nível de alunos que frequentam o estabelecimento de ensino. É no decorrer destes anos que se implementam cursos tecnológicos, currículos alternativos nos 2º e 3º ciclos, cursos técnico-profissionais no secundário e ensino recorrente nos 2º e 3º ciclos, bem como no secundário. É de referir que alguns destes cursos foram implementados com a parceria de outras escolas ou instituições técnico-profissionais da Região.

Constatamos, cada vez mais, uma maior interligação entre os vários agentes que contribuem para o funcionamento da escola, tal como, numa outra vertente, uma maior variedade de actividades, não só locais, mas também regionais, nacionais e internacionais, como pode ser confirmado pelos vários projectos desenvolvidos.

Por isso e dada a realidade actual em que a mundialização das comunicações e o desenvolvimento das novas tecnologias de informação permitem a conexão quase instantânea do planeta, torna-se um imperativo ético a disponibilização de informação vária acerca da Escola de modo a que toda a comunidade tenha acesso e que deste modo se venha a tornar cada vez mais interveniente e interventora no processo educativo.

Mais do que uma janela por onde espreitar pretendemos um elo de ligação entre a Escola e todos aqueles que em qualquer canto do planeta, sentem qualquer tipo de envolvimento e por isso compartilham connosco expectativas de solidariedade na promoção da informação e do conhecimento.